Look do Dia: De menininha

Esse é um daqueles looks fofos e simples que a gente ama. Afinal, não tem como errar no combo vestido + meia calça + sapatilha, principalmente se as peças tiverem tons neutros que combinam entre si.  O visual é bem de menina moça, sabe? Comportado e bonitinho. Acho que combina com meninas que não gostam de ousar muito nas roupas, mas, ainda sim, querem vestir algo bonito e que tenha personalidade. Eu gostei do corte simples do vestido, gosto demais de peças nesse estilo. Além de ficar bonito para situações mais informais, acho que esse visual cairia muito bem em uma festa de Ano Novo com o família, né?

Para acordar animada

Sou daquelas pessoas que imaginam playlists para todos os momentos da vida, sério. Sabe aquela coisa de falar que tal música que está tocando é “sua”? Pois é, eu faço isso sempre. E, de verdade, seria demais se a cada momento, por mais bobo que seja, tocasse uma música que combinasse perfeitamente com ele.
Já que não tenho nenhum dj me acompanhando 24 horas por dia, eu mesma tenho aqueles sons temáticos.

Quando acordo já logo ligo o computador ou ipod procurando algo animadinho para começar o dia bem. Sei lá, algumas músicas têm esse poder incrível de levantar a gente.

Mandy Moore – I could break your heart any day of the week

Acho essa música super engraçada e adoro bater palmas junto com ela. Fico meio louca ao ouvi-la, na verdade. Canto gritando!

Colbie Caillat – You got me

Quem assiste os vídeos do blog vai reconhecer essa música. Uso o começo dela na introdução dos tutoriais. É uma das mais fofas da Colbie.

Florence + The Machine – Dog days are over

Música de libertação haha! Essa é pra quem está realmente está feliz e quer gritar aos quatro ventos que aqueles dias horríveis pelos quais a gente passa já acabaram.

Glee – Survivor/I Will Survive

Mesmo se você não gostar de Glee, por favor, para e escuta essa música. É sensacional! Dá vontade de levantar da cadeira e sair dançando pela casa.

Marisa Monte – Vilarejo

Delícia de música para se ouvir, principalmente, se você estiver em lugar calmo. A melodia dela é tão, tão aconchegante… e a voz incrível da Marisa contribui muito para isso.

Bom, essas são algumas das músicas que ouço assim que acordo. Vocês também fazem isso? Me contem nos comentários!

Look do Dia: Com Emily Schuman

A mais linda do universo!
Tenho certeza que muitas de vocês já conhecem o blog Cupcakes and Cashmare, da linda e talentosa Emily Schuman. A Emily é a minha blogueira gringa favorita pelo simples motivo dela reunir em sua blog dois dos meus assuntos favoritos: Moda e culinária. Sem falar que os posts dela são ricos em detalhes, e acho que esse é diferencial que faz com que ela tenha tanto sucesso.
Confesso que foi bem difícil escolher apenas um look, mas, pensando nesse tempo maluco, gostei bastante desse da imagem. Achei o visual bem delicado, e combina tanto para um local mais quente quanto para um mais fresquinho. Aqui em BH, por exemplo, o tempo está bem chuvoso, então, a ideia do cardigã é válida. Mas se onde você mora está bem quente, deixe o complemento em casa e saia apenas com o short e a blusa fresquinha. Este visual é ótimo para quem quer começar a semana de Natal mais arrumadinha.

Ah, é claro que você não conhece o Cupcakes and Cashmare, não perca tempo e vá se deliciar no blog! 😉

Mais uma lista de desejos literários

Ok, mais uma lista de livros. Sério, não dá para ignorar os lançamentos mais esperados das editoras brasileiras, sem falar nos livros mais antigos que eu quero ler há um tempão, então, que me desculpe quem não gosta do assunto.  Quem tem essa minha mesma paixão me compreende.  Apesar de ter ainda um monte de exemplares na fila de leitura, eu quero aumenta-la muito mais. Em minha pequena listinha de quase duzentos livros (!),  selecionei cinco que eu queria ter em minhas mãos agora!

Dezesseis luas – Sinopse: Quando Lena chegou a Gatlin, eu só tinha certeza de uma coisa: ela não se parecia com ninguém que o pessoal daqui já vira. E as diferenças não estavam apenas na aparência.
Eu tinha certeza que já havíamos nos encontrado antes, talvez nos sonhos. É, sei que parece idiota, mas eu vinha sonhando com alguém há tempos, alguém que eu não conhecia, alguém que, no sonho, precisava ser salva, ou tipo isso.
Antes de Lena eu estava contando os meses para deixar Gatlin, mas agora era diferente: havia Lena. E havia algo entre nós, uma atração que eu não conseguia explicar. Eu precisava conhecê-la melhor e entender o que eu estava sentindo. Mas, para me aproximar, teria que enfrentar o tio com fama de louco dela; Amma, nossa governanta supersticiosa, que tinha praticamente me criado; meu pai, que desde a morte de minha mãe só ficava trancado no escritório “trabalhando”; meus amigos e inimigos, as garotas populares da escola…
E ainda havia o segredo, um tipo de segredo que não ficaria oculto por muito tempo em um lugar como Gatlin, um tipo de segredo que pode mudar tudo a sua volta…

Um homem de sorte – Sinopse: “Mas não estava em outra época e lugar, e nada daquilo era normal. Trazia a fotografa dela consigo há mais de cinco anos. Atravessou o país por ela.” “Era estranho pensar nas reviravoltas que a vida de um homem pode dar. Até um ano atrás, Thibault teria pulado de alegria diante da oportunidade de passar um fm de semana ao lado de Amy e suas amigas. Provavelmente, era exatamente isso de que precisava, mas quando elas o deixaram na entrada da cidade de Hampton, com o calor da tarde de agosto em seu ápice, ele acenou para elas, sentindo-se estranhamente aliviado. Colocar uma carapuça de normalidade havia-o deixado exausto. Depois de sair do Colorado, há cinco meses, ele não havia passado mais do que algumas horas sozinho com alguém por livre e espontânea vontade. (…) Imaginava ter caminhado mais de 30 quilômetros por dia, embora não tivesse feito um registro formal do tempo e das distâncias percorridas. Esse não era o objetivo da viagem. Imaginava que algumas pessoas acreditavam que ele viajava para esquecer as lembranças do mundo que havia deixado para trás, o que dava à viagem uma conotação poética. prazer de caminhar. Estavam todos errados. Ele gostava de caminhar e tinha um destino para chegar.

O verão que mudou minha vida – Sinopse: A vida de Belly é medida em férias de verão. Para ela, todas as coisas boas só acontecem entre os meses de junho e agosto, quando está na casa de praia junto a Susannah, única e melhor amiga de sua mãe e uma espécie de tia, e seus dois filhos, Jeremiah e Conrad. Mais do que irmãos postiços e companheiros de férias, os filhos de Susannah tornaram-se o centro das suas emoções. A véspera do aniversário de 16 anos de Belly marca também o fim daquele que parece ser o último verão onde estarão todos reunidos em Cousins Beach. A partir do ano seguinte todos estarão ocupados demais e talvez algum deles já nem esteja mais entre nós…

Antes que eu vá – Sinopse: Samantha Kingston tem tudo: o namorado mais cobiçado do universo, três amigas fantásticas e todos os privilégios no Thomas Jefferson, o colégio que frequenta — da melhor mesa do refeitório à vaga mais bem-posicionada do estacionamento. Aquela sexta-feira, 12 de fevereiro, deveria ser apenas mais um dia de sua vida mágica e perfeita. Em vez disso, acaba sendo o último. Mas ela ganha uma segunda chance. Sete “segundas chances”, na verdade. E, ao reviver aquele dia vezes seguidas, Samantha desvenda o mistério que envolve sua morte — descobrindo, enfim, o verdadeiro valor de tudo o que está prestes a perder. … Em uma noite chuvosa de fevereiro, Sam é morta em um acidente de carro horrível. Mas em vez de se ver em um túnel de luz, ela acorda na sua própria cama, na manhã do mesmo dia. Forçada a viver com os mesmos eventos ela se esforça para alterar o resultado, mas acorda novamente no dia do acidente. O que se segue é a história de uma menina que ao longo dos dias, descobre através de insights desoladores, as conseqüências de cada ação dela. Uma menina que morreu jovem, mas no processo aprende a viver. E que se apaixona um pouco tarde demais.
O céu está em todo lugar – Sinopse:  Lennie Walker, de dezessete anos de idade, gasta seu tempo de forma segura e feliz às sombras de sua irmã mais velha, Bailey. Mas quando Bailey morre abruptamente, Lennie é catapultada para o centro do palco de sua própria vida – e, apesar de sua inexistente história com os meninos, inesperadamente se encontra lutando para equilibrar dois. Toby era o namorado de Bailey, cujos sentimentos de tristeza Lennie também sente. Joe é o garoto novo da cidade, com um sorriso quase mágico. Um garoto a tira da tristeza, o outro se consola com ela. Mas os dois não podem colidir sem que o mundo de Lennie exploda…

Bom, são esse os livros que eu queria ler agora. Acho que em minha lista, esses são os volumes que eu tenho certeza que não irão me decepcionar. Tenho uma expectativa muito grande quanto à essas cinco histórias. Vocês já leram algum deles? O que estão lendo? O que querem ler? Adoro falar sobre livros, então, vamos conversar nos comentários!