Um pequeno guia para você fazer boas compras na Black Friday

Nesta semana a gente vai ser invadida por milhões de promoções de Black Friday. O costume norte-americano chegou por aqui há uns anos e faz com que lojas do Brasil inteiro dê muitos descontos além da sexta-feira.
Porém, pode acontecer da gente encontrar algumas ciladas no meio do caminho e acabar caindo em fraudes. Por isso, aqui vai um pequeno guia para você fazer boas compras nos próximos dias.
se sente bonita

Quando você se sente bonita?

Quando alguém te pergunta se você se acha e se sente bonita, o que você responde? Eu demorei muito para responder este questionamento de forma positiva. Na verdade, sempre enrolava e falava que não, ou dizia um sim meio atravessado e nada sincero.

A real é que até pouco tempo eu não me achava nada bonita. Aceitava os defeitos que colocavam em mim e me olhava no espelho achando TUDO errado. A testa grande demais, assim como o nariz e a boca. Por um tempo, na infância e na adolescência, a pele escura também me incomodava bastante – e isso é terrível e mais comum do que imaginamos. 

base superfluida da Quem Disse, Berenice

Testei: base superfluida da Quem Disse, Berenice!

Uma das tendências de beleza do momento no Brasil é a de bases bem levinhas e fluídas nessas embalagens com conta gotas. Lá fora a gente já tem alguns exemplos com a Water Blend, da Make Up Forever, e a Maestro, do Giorgio Armani. Por aqui, Boticário lançou, Vult lança no mês que vem e hoje vim mostrar para vocês a opção da Quem Disse, Berenice? para esse tipo de base.

A minha cor é número 9. Ela fica bem certinha no meu tom de pele e o produto apresenta algumas características como: pele matte com efeito porcelana, aparência natural, longa duração e muito mais. Será que funciona? Te conto abaixo!

Eu quero melhorar algumas coisas no meu corpo – e tudo bem!

Dia dessas eu estava conversando com uma amiga sobre cirurgias plásticas. Eu já tive vontade de colocar silicone nos seios, mas passou quando aprendi a achá-los lindos do tamanho que são. Ela fará a cirurgia no final deste mês e está feliz da vida. Me contando sobre isso, disse rindo: espero que cacem minha carteirinha de empoderamento por fazer uma plástica!

Aí a gente começou a conversar sobre essa questão: corpo x empoderamento. A gente vive numa época incrível em que, cada vez mais, mulheres são incentivadas a amarem seus corpos e celebrarem cada pequena característica deles. Isso é maravilhoso e, sim, tem ajudado muito a gente se olhar com mais carinho.

Na mesma medida, tão importante quanto amar o seu corpo, é saber respeitá-lo – até mesmo se você quiser mudar algo.