Este ano foi muito especial para mim em muitos pontos. Acho que posso dizer que 2017 foi um dos melhores anos que tive em muito tempo, muito tempo mesmo. Vim de um período de imenso desgaste emocional e acho que posso dizer que estava acabada – no sentido mais literal da palavra.

Já falei algumas vezes sobre isso aqui, mas os últimos anos não foram nem um pouco fáceis. Muita dor, raiva, culpa, arrependimento, solidão, tristeza e tudo aquilo que faz com que a gente se isole e apenas sobreviva durantes os dias. Quando olho para os meses de 2017, eu penso que as coisas acontecem porque têm que acontecer e que a gente não recebe um fardo maior do que pode carregar.

Agora, neste finalzinho de ano, resolvi parar e pensar em tudo que aprendi em 2017. Essa lista não só é para compartilhar com você que pode estar passando por um momento difícil, como também para eu mesma me lembrar que, de alguma forma, tudo passa e as coisas podem sempre melhorar! 🙂

1. Aprendi sobre o poder da resiliência

Eu gosto muito dessa palavra, sabe? Acho que é tão forte quanto o significado que carrega: resiliência significa a capacidade de superar e voltar ao seu estado normal depois de um grande trauma. E foi exatamente isso que aconteceu comigo neste ano. Eu consegui voltar a ser eu mesma quando achava que já tinha me perdido e que nunca mais me encontraria. 

2. Entendi também a importância de pedir desculpas

Eu sou uma pessoa bem orgulhosa (é, ter esse monte de escorpião no mapa não é nada fácil!). Apesar de ser um pouquinho difícil de lidar, sempre achei importante a gente pedir desculpas – e não só para as pessoas que foram atingidas por algo que fiz, mas também para mim mesma. Neste ano eu fiz isso. Pedi a desculpas e me desculpei. Acho que este foi o ponto da virada da minha vida. Quando pedi perdão e tentei me perdoar tirei um peso das costas. E sem esse peso eu consegui andar. 

3. Descobri a força do meu interior

Nos três últimos anos eu me escondi de tudo e de todos. Me escondi dos outros e de mim mesma também. Quase não saía de casa, tive me medo de me relacionar com as pessoas, tive medo de correr atrás dos meus sonhos e com isso fui me achando cada vez mais fraca. Eu me achava um nada, sem um pingo de capacidade para fazer qualquer coisa. Neste ano eu vi que sou forte, MUITO FORTE. E aí eu descobri uma coisa maravilhosa: a força do meu eu interior. Depois disso, parece que ganhei uma gana incrível para correr atrás do que acredito, sabe? E acho que a cada dia ela só aumenta. 

4. E agora tenho sempre o prazer da minha própria companhia

Acho que quando a gente está doente, com depressão, pior do que conviver com os outros é consigo consigo mesma. Eu me odiava! Todo dia eu acordava e pensava como iria lidar comigo mesma cheia de culpa, raiva e tristeza. Era insuportável começar o dia pensando em que horas eles iria acabar, quando eu iria me livrar de mim mesma. Hoje eu entendi que, a partir do momento em que a gente melhora, a gente passa a se curtir também. Quando acordo hoje, penso: o que posso fazer durante o dia para me deixar mais feliz. E tem alguns dias que são tão bons que eu não quero que acabem. Essa é a minha maior prova de que a gente coisas passam.

5. Mas minhas amizades nos dão muita força

Eu nunca tive dúvidas disso, sabe? Mas acontece que me isolei tanto nos últimos anos que me afastei de todas as minhas amigas. Por mensagens e breves conversas online eu estava sempre bem presente, mas sair de casa era um martírio para mim. Como eu não saía, eu não via nenhuma das minhas amigas. Hoje sempre que posso estou ao lado delas. E é lindo isso porque cada uma, no seu jeitinho de ser, foi fundamental para eu pudesse estar aqui elencando o melhor do meu 2017. Se você também pensa ou já pensou que está sozinha, olha para o lado. Assim como eu, você com certeza têm  pessoas estendendo a mão para te ajudar.

6. Sei que preciso e quero me impor

Eu sempre fui aquela pessoa que deixava todo mundo, com o perdão da palavra, cagar na minha cabeça. Era amiga que humilhava, era me deixar ser acusada por coisas absurdas, é falar sim para gente que não sabe ouvir não, perdoar e levar na cara de novo, enfim… Antigamente eu não tinha muita força para me impor frente a coisas que me desagradavam. Hoje eu me coloco, sim, numa posição em que nunca mais vou deixar que me coloquem pra baixo. Cortei, definitivamente, algumas pessoas da minha vida, entendi que não posso ficar me machucando para deixar os outros felizes, perdoar pessoas que me humilharam e, principalmente, passar por cima de mim mesma para agradar alguém. 

7. E finalmente parei de ter vergonha dos meus talentos

Lembram que falei aqui sobre síndrome do impostor? Pois é, eu sofria muito com isso. Não vou dizer que passou totalmente, mas estou aprendendo a não ter vergonha de falar sobre e mostrar o que faço. Eu simplesmente era aquela pessoa que fazia milhões de coisas e não mostrava para ninguém! Achava que nada prestava, que ninguém ia gostar. Na terapia, quando estava com depressão, um dos meus exercícios era fazer alguma atividade que me levasse para um tempo tranquilo, em que não estava com raiva ou triste. Foi aí que voltei a desenhar e fazer cerâmicas. Comecei a postar somente um ano depois da terapia porque morria de vergonha. E, bom, hoje a Hey Cute Store existe por causa disso, porque parei de me achar uma impostora.


Sei muita gente sofreu em 2017, mas eu sempre vou me lembrar com muito carinho para este ano. Quando olho no espelho hoje e enxergo cada aprendizado que listei aqui, vejo que o que aconteceu comigo em 2014 e 2015 foi necessário para que eu chegasse hoje e conseguisse reconhecer a minha melhora em todos os sentidos da vida.

Eu estou com uma sensação muito boa para 2018, sabe? Eu acho que vai ser um ano ainda melhor, com muitos outros aprendizados. E à 2017 eu só tenho a agradecer por isso, por esse otimismo. Se você teve um ano ruim, espero que com este texto você consiga, mesmo que pouquinho, pensar que em breve poderá escrever algo assim.

2 Comments

  • Angélica
    Posted 16 de December de 2017 18:20 0Likes

    Que post maravilhoso!! E que bom que vc teve um ano incrivel, merecido demais! So virá mais sucesso daqui pra frente.

    Texto bem escrito e tocante ❤️

  • Nattany Martins
    Posted 26 de December de 2017 08:45 0Likes

    Dá até um quentinho no coraçao ler esse post. Dá pra ver de longe o quanto as coisas mudaram na sua vida e isto honestamente me dá esperanças de que as coisas também podem mudar pra mim.

Live a Reply

Onde Estou

Brasil - Belo Horizonte

Fale Comigo

karla@heycute.com.br comercial@heycute.com.br

+55 - 031 | De Belo Horizonte, Brasil | Hey Cute - Por Karla Lopes | AXIOM © 2017 All rights reserved.